terça-feira, 11 de setembro de 2012

11 de Setembro...

Acho que toda a gente sabe responder onde estava e o que estava a fazer há 11 anos atrás, naquele dia sanguinário, chocante, que mudou para sempre o mundo e a forma como olhamos para a humanidade...

 Eu tinha adormecido no sofá e fui acordada pela minha mãe, completamente em pânico, a dizer-me, enquanto acendia a televisão da sala: "Filha, acorda!!!! Começou a 3ª guerra mundial", abri os olhos a tempo de ver o 2º avião a embater na 2ª torre, ainda meio atordoada e com dúvidas se aquilo que estava perante mim a ser transmitido, em direto na TV, era mesmo real ou eu ainda continuava a dormir envolta num pesadelo.. Infelizmente era verdade, as horas seguintes foram passadas coladas à caixinha mágica a temer o que dali viria, a ver o grande gigante mundial, aquela grande potência que gasta milhões em segurança e que supostamente é inatingível, ser ferida e atacada sem dó nem piedade, por meros cidadãos quase comuns, sem treinamento militar e que conseguiram o que se julgava impossível: furar a segurança dos EUA e matar milhares de inocentes que apenas foram trabalhar... Não foi o início da 3ª guerra mundial, como a minha mãe "hiperbolizou", mas volvidos estes anos, será sempre o dia que ficará na nossa memória como  o início de uma viragem e um acordar para uma realidade que julgávamos não ser possível!


Sem comentários:

Enviar um comentário