terça-feira, 20 de novembro de 2012

E assim roubam no subsídio de alimentação

Era uma vez um povo que há muito, muito tempo, podia receber até 6,50€ de subsídio de alimentação sem fazer retenção na fonte. Depois vieram uns senhores que acharam  que esse valor deveria descer para 5,12€, e a plebe lá começou a pagar imposto sempre que a chefia decidia pagar-lhe mais para se alimentar... 

Agora chegaram uns governantes muito, muito, maus e pensaram: "hum, mas porque não pagam eles imposto a partir de 4,27€? Afinal, levam quase todos marmita para o trabalho, os que não levam podem comer uma sopa e um rissol ou um happy meal (nos dias de festa) e gastar menos que isso" e os restantes mauzões apoiaram o pensamento, aplaudiram e disseram: "De facto, aqueles que trabalham alimentam-se por menos que esse valor, ainda lhes sobra dinheiro, podem pagar pelo que recebem acima disso (4,27€), bora lá meter mais uns trocos ao bolso, a eles não lhes faz diferença, a nós dá tanto jeito", e assim, com este pensamento absolutamente irracional e desumano lá avançaram para tirar mais um bocadinho de pão às bocas já de si famintas daqueles a quem comandam...




Sem comentários:

Enviar um comentário